h1

James Marsters fala sobre seu papel no filme

fevereiro 18, 2009

No dia 15 de Fevereiro, o ator James Marsters (Lord Piccolo) compareceu ao Your Funny Valentine, onde houve uma sessão de perguntas e respostas. Segue abaixo (em português) o que Marsters falou sobre o filme:

Eu tenho um filho e nós assistimos Dragon Ball pelos últimos cinco anos hunm, desde que ele tinha cerca de seis ou sete anos. Acho que o primeiro DVD que comprei foi uma experiência estranha pois é quando meu personagem, Piccolo, está parado (algo como… olhando o deserto?). Um garotinho aparece, é o filho de seu antigo inimigo, que agora está morto, e ele imploro pra ser treinado. O garotinho aparece “Me treine.” “Vá embora garoto, está me incomodando.” “Me treine. Meu pai está morto. Me treine.” “Okay.” Esse minúsculo garotinho, ele está dando uma surra nele. Então ele pega o garoto e o chuta pra cerca de vinte metros do chão. Ele voa, soca o garoto de volta pra baixo. O garoto atinge o chão. Boom! Fumaça espessa. Fissuras de granito sob a cabeça do garotinho. Piccolo voa de volta para baixo e diz, “Essa é sua primeira lição.” Então, estou vendo isto e eu estou pensando, meu filho tem sete anos, “o que estou fazendo?” E então o garoto, um close no garoto. E seu rosto está sangrando e todo machucado e seus olhos inchados e fechados e ele começa rir. Tipo, eu te fiz fazer o que eu queria que você fizesse. E eu pensei, uou, agora isso que é uma surpresa. Meu filho ficou feito louco. Basicamente, isso me ajudou a criar meu filho. Eu me sinto como o personagem principal, Goku, é realmente um exemplo perfeito de homem.

Eu meio que devo dizer que um homem é um aplicador de paz. O que ele quer é paz e sossego e se … ele irá usar de violência se necessário, mas essa será sua última opção. Considerando que um garoto criará o caos e tentará provar a si mesmo. Então você tem Goku, e Goku é um cara humilde, calmo, bobo, pateta e que, se tiver chance sairá olhando flores e insetos e brincando com seu filho. Mas Deus lhe ajude se você colocar em risco a família dele. E eu acho que temos uma cultura mais militarizada. e nós tendemos a pensar em nossos heróis e homens, como caras grandes e musculosos. Eu vejo um cara como esse e eu só quero derrubá-lo. Porque esse é o cara que nunca foi a uma luta. Caras que estiveram em brigas, não querem estar lutando, porque isso dói. Então, eu estava realmente animado para ir à audição, e quando eles me deram o papel fiquei animado. Mas eu não sabia se era o cara certo. Não via uma conexão. O diretor, depois com o tempo eu fui ao set. Me senti como se eu fosse o único na terra que poderia interpretar esse papel. E ainda me sinto assim.

Sobre ser verde:
Na verdade, para mim, foi um pouco diferente, porque não foi fácil ficar verde. Houve um desacordo sobre como meu personagem deveria ser. E eu me desliguei. Eu argumentei veementemente para ser verde. Eu disse a todos que nossas carreiras estariam acabadas se eu não fosse verde. Não estou fazendo uma ameaça, e não vou fazer nada de errado, eu vou cair com você,s e eu vou ser o primeiro a cair em falência. Quero dizer, se você fizer o Superman, ele tem de ter uma capa. Se você fizer Spock, ele tem de ter orelhas pontudas e se você fizer Piccolo ele tem de ser verde! Então, não, logo que eu estava verde eu fiquei feliz.

Fonte: DBMB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: